quinta-feira, janeiro 12, 2012

This is not a new year's resolution:

Sinceramente, estou-me pouco importando para a crise no país, não me tem tirado o sono e prefiro mesmo nem ver os telejornais a espalhar sangue gratuitamente. Esta não é altura para lirismos. Esta não é altura para os poetas da vida. Esfregam-nos na cara uma realidade dura onde não sobra lugar para devaneios ou divagações filosóficas. Há-que entrar em estágio e rapidamente meter mãos à obra - "Fazer Acontecer". É todo um conceito cheio de boas intenções, quase sempre goradas. Contra mim falo, que nem consigo manter o meu quarto arrumado.
Cliché, que se lixe com "F" grande. SÊ A MUDANÇA QUE QUERES VER NO MUNDO. Não vais estar rodeado de príncipes e princesas se não fores um(a). "Sê todo em cada coisa. Põe quanto és no mínimo que fazes" - e dizia eu que não havia lugar para poesias, já me sinto um marginal. 
Não consigo conceber a entrega total das nossas vidas a alguma entidade superior ou ao mero fado que está escrito nos pergaminhos ou num qualquer Universo. Eu quero as coisas e não gosto da ideia de que só as tenho por vontade divina. Ou as tens por trabalho ou por sorte. Infelizmente a segunda não me tem acompanhado nos últimos dias, mas a primeira depende unicamente de mim. 
E repito, isto não é uma resolução de ano novo.
Haja saúde. Amén.


© Frank Lukasseck/Corbis

3 comentários:

Caesarlivenloud caesarlivenloud disse...

Um bem haja e que 2013 seja um ano repleto de conquistas e talvez um pouco mais de sorte para ti, de forma a não trabalhares muito :P

Um abraço,

César Gonçalves

Pedro Espírito Santo disse...

Obrigado César!
Ficam os meus votos de um excelente ano para ti e que a tal "sorte" também te acompanhe.
Abraço

Caesarlivenloud caesarlivenloud disse...

Deus te oiça :P hehe
Força aí e diverte-te :)

Abraço grande :)