domingo, novembro 30, 2008

Semana da Natalie Imbruglia

EVERYTHING GOES



You live your life
You live like an island
Satisfied
You live for the moment
Here you come
You make it look easy
I bet you smile in your sleep
Are you smiling at me
You live your life
You live like an island
Surrounded by
Water and silence
Mmm there you go
You make it look easy
I bet you laugh at yourself
Are you laughing at me

'Cause sometimes anything goes
When you're looking at me
And sometimes everything goes
When you're looking at me

So come on, come on
Everything goes
(When you're looking at me)
Come on, come on
Everything goes
(Sometimes when
You're smiling at me)
Come on, come on
Everything goes

Come on

You live your life
You live like an island
What is it like
I wish I could hold it
Mmm there you go
Making it look easy
I bet you like how it feels
But do you feel me

So come on, come on
Anything goes
Come on, come on
Everything goes
Come on, come on
Everything goes

'Cause sometimes
Anything goes
When you're looking at me
And sometimes
Everything goes

sábado, novembro 29, 2008

Semana da Natalie Imbruglia


SMOKE


http://www.youtube.com/watch?v=vec1eOH6TUQ

My lullaby,hung out to dry
What's up with that
It's over
Where are you dad
Mum's lookin' sad
What's up with that
It's dark in here
Why bleeding is breathing
You're hiding , underneath the smoke in the room
Try , bleeding is believing
I used to
My mouth is dry
Forgot how to cry
What's up with that
You're hurting me
I'm running fast
Can't hide the past
What's up with that
You're pushing me
Why , bleeding is breathing
You're hiding , underneath the smoke in the room
Try , bleeding is believing
I used to
I used to
Why , bleeding is breathing
You're hiding , underneath the smoke in the room
Try , bleeding is breathing
I saw you crawling on the floor
Why , bleeding is breathing
You're hiding , underneath the smoke in the room
Try , bleeding is breathing
I saw you crawling to the door
Why , bleeding is breathing
You're hiding , underneath the smoke in the room
Try , bleeding is breathing
I saw you falling on the floor

sexta-feira, novembro 28, 2008

Turma da Monilisi

Nem mesmo de propósito, recebi hoje convite para integrar o blog da Turma da Monilisi! Aqui fica o novo antro!

Notícia de Última Hora


"O Pedro roubou o meu coração!"

Semana da Natalie Imbruglia

WRONG IMPRESSION


Infelizmente o Youtube não permite colocar este vídeo, portanto para ouvir/ver a música, façam o favor de clicar no site abaixo indicado. Amo o vídeo e a música Assim mointo,moooooointo!


http://www.youtube.com/watch?v=dd3WfJptaFQ

Calling out, calling out
Haven’t you wondered?
Why I’m always alone when you’re in my dreams?
Calling out calling out
Haven’t you wondered?
Why you’re finding it hard just looking at me?

I want you but I want you to understand
I need you, I love you

Didn’t wanna leave you with the wrong impression
Didn’t wanna leave you with my last confession
Yeah, of love
Wasn’t trying to pull you in the wrong direction
All I wanna do is tryna' make a connection
Yeah, of love

Falling out, falling out
Have you ever wondered?
If this is ever more than a crazy Idea
Falling out, falling out
Have you ever wondered?
What we could have been if you ever let me in

I want you but I want you to understand
I miss you, I love you

Didn’t wanna leave you with the wrong impression
Didn’t wanna leave you with my life’s confession
Yeah, of love
Wasn’t trying to pull you in the wrong direction
All I wanna do is tryna' make a connection
Yeah, of love
Have you ever wondered?

Yeah…
Yeah… oh… ah…
Yeah…

I need you
I love you
Didn’t wanna leave you with the wrong impression
Didn’t wanna leave you with my life’s confession
Yeah, of love
Wasn’t trying to pull you in the wrong direction
All I wanna do is tryna' make a connection
Yeah, of love

I didn’t wanna leave you with the wrong impression
Didn’t wanna leave you with my life’s confession
Yeah, of love, yeah
Wasn’t trying to pull you in the wrong direction
All I wanna do is tryna' make a connection
Yeah, of love

Didn’t wanna leave you there
I’ll call you now, yeah
Wasn’t trying to pull you in the wrong direction
But I’ll call you now
Yeah…yeah... yeah..

Wasn’t trying to pull you in the wrong direction
But I’ll call you now (til fade..)

Se eu fosse da Turma da Mónica...

... e não estou a falar da turma da Monilisi, porque dessa eu faço mesmo parte, mas aquela do Maurício que aparece nos gibis, eu seria um misto de Magali com o "Do Contra". Magali, pelos motivos que a minha família e amigos devem conhecer tremendamente bem, relacionados com a minha alimentação extremamente equilibrada, particularmente rica em hidratos de carbono e açúcares. "Do Contra", por pedir conselhos às pessoas, ouvi-los atentamente... mas acabar por fazer tudo à minha maneira. Como me disse a Laura, agora que resolveu irromper pelo meu quarto a dizer que viu o Barack Obama nos "60 Minutos" a dizer que também ia ouvir as pessoas todas, mas que era ele a tomar as decisões. Ao que eu respondi "Foi o que eu disse".


Adiante, mas não escrevo isto assim do nada, apesar de eu ser uma pessoa com os impulsos mais improváveis de todos os tempos, isto tem a ver com as opiniões que resolvi pedir sobre o que fazer com o meu novo quarto. Como pintar as paredes, como dispor as coisas no quarto, etc. Como por exemplo, a combinação mega-fabulosa de cor-de-vinho com amarelo ovo nas paredes. E isto é apenas um dos pequenos pormenores improváveis. Porque quando eu juntar o meu móvel preto, a cómoda vermelha, a mesinha amarela, o puff verde-alface e os meus lençóis azuis, aí sim ficarei com o quarto mais arco-íris do planeta.


E estou apenas a escrever isto tudo como pretexto para adiar a arrumação (literal!) das gavetas da minha vida.



Licencinha, vou ali e já venho.

quinta-feira, novembro 27, 2008

Semana da Natalie Imbruglia

BIG MISTAKE





Theres no sign on the gate
And theres mud on your face
Dont ya think its time we re-investigate this situation?
Put some fruit on your plate
Youve forgotten how it started.

Close your eyes
Think of all the bubbles of love we made,
And youre down on your knees
Its too late.
Oh dont come crawlin
And you lie by my feet.
What a big mistake.

I see you fallin
Got a buzz in my head
And my flowers are dead.
Cant figure out a way to rectify this situation.
I dont believe what you said
You forgotten how it started

Close your eyes
Think of all the bubbles of love we made
And youre down on your knees
Its too late.
Oh dont come crawlin
And you lie by my feet.
What a big mistake.

I see you fallin
I could sting like a bee.
Careful how you treat me
Baby I dont think Ill accept your sorry invitation.
Close the door as you leave
And you cry over me.
I cant wait.
I feel you stallin
And you try to reach me.
What a big mistake.
I hear you calling.

quarta-feira, novembro 26, 2008

Trincas nos Chocolates

Enquanto eu termino aqui uma tablete Milka de 300 gramas, gostaria que me ajudassem a perceber uma coisa... Porque razão recebi quase 150 visitas neste antro no dia de ontem?

Hipótese 1 - Está tudo com saudades minhas?
Hipótese 2 - Está tudo maluco pela Bjork andar esta semana pelo blog?
Hipótese 3 - Foi o Tiago Veiga a clicar de 10 em 10 minutos no blog para saber se já escrevi alguma coisa sobre ele?
Hipótese 4 - Todas as anteriores.



Semana da Bjork

BIG TIME SENSUALITY





i can sense it
something important
is about to happen
it's coming up

it takes courage to enjoy it
the hardcore and the gentle
big time sensuality

we just met
and i know i'm a bit too intimate
but something is coming up
and we're both included

it takes courage ti enjoy ut
the hardcore and the gentle
big time sensuality

i don't know my future after this weekend
and i don't want to

it takes courage to enjoy it
the hardcore and the gentle
big time sensuality



terça-feira, novembro 25, 2008

Tanta coisa para escrever...

...e tão pouco tempo para me sentar à frente do computador. O que pode parecer irónico, sendo que estou desempregado e teoricamente "com todo o tempo do mundo". Pelo menos já pintei uma parede do quarto mais divertido de todos os tempos. De amarelo. Sim, o meu quarto será um misto de Morangos com Açúcar, com um circo e com um arco-íris. E quem não gostar que vá dormir com a Laura.

Grunfff !
(como diz o outro que esteve aqui em Lisboa a dormir no quarto da Laura).

E agora que tal ir arrumar a secretária e as prateleiras das nossas vidas, hein?
(sim, já sei que estás a trabalhar).

Semana da Bjork

I SEE WHO YOU ARE



I see who you are
Behind the skin
And the muscles

I see who you are, now
And when you get older later

I will see the same girl
The same soul
Lioness, fireheart
Passionate lover

And afterwards
Later this century
When you and I have become corpes

Let's celebrate now all this flesh on our bones
Let me push you up against me tightly
And enjoy every bit of you

I see who you are

segunda-feira, novembro 24, 2008

Semana da Bjork

BACHELORETTE





I'm a fountain of blood
In the shape of a girl
You're the bird on the brim
Hypnotised by the Whirl

Drink me, make me feel real
Wet your beak in the stream
Game we're playing is life
Love is a two way dream

Leave me now, return tonight
Tide will show you the way
If you forget my name
You will go astray
Like a killer whale
Trapped in a bay

I'm a path of cinders
Burning under your feet
You're the one who walks me
I'm your one way street

I'm a whisper in water
Secret for you to hear
You are the one who grows distant
When I beckon you near

Leave me now, return tonight
The tide will show you the way
If you forget my name
You will go astray
Like a killer whale
Trapped in a bay

I'm a tree that grows hearts
One for each that you take
You're the intruder hand
I'm the branch that you break

domingo, novembro 23, 2008

Semana da Bjork

CVALDA




Clatter, crash, clack!
Racket, bang, thump!
Rattle, clang, crack, thud, whack, bam!

It's music! - Now dance!

Listen, Cvalda
You're the dancer
You've got the sparkle in your eyes
Look at me, entrancer!

Clatter, crash, clack...

The clatter-machines
They greet you and say:
"We tap out a rhythm and sweep you away!"

A clatter-machine
What a magical sound
A room full of noises
That spins you around...

Darling Selma
Look who's dancing
Faster than a shooting star!
Cvalda's here!
Cvalda sings...

Clatter, crash, clack...

The clatter-machines
They greet you, and say:
"We tap out a rhythm and sweep you away!"

A clatter-machine!
What a magical sound!
A room full of noises
That spins us around
It spins us around
It spins us around
It spins us around...

sábado, novembro 22, 2008

Semana da Bjork

JOGA





all the accidents that happen
follow the dot
coinsidense makes sense
only with you
you don't have to speak
i feel
emotional landscapes
they puzzle me

then the riddle gets solved and you push me up to this:

...state of emergency...
...how beatuiful to be!...
...state of emergency...
...is where i want to be...

all that no-one sees
you see
what's inside of me
every nerve that hurts you heal
deep inside of me
you don't have to speak - i feel
emotional landscapes
they puzzle me
confuse

then the riddle gets solved and you push me up to this:

...state of emergency...
...how beatuiful to be!...
...state of emergency...
...is where i want to be...

...state of emergency...

...state of emergency...

sexta-feira, novembro 21, 2008

Semana da Bjork

WHO IS IT?





His embrace, a fortress
It fuels me
And places
A skeleton of trust
Right beneath us
Bone by bone
Stone by stone
If you ask yourself patiently and carefully:
Who is it ?
Who is it that never lets you down ?
Who is it that gave you back your crown ?
And the ornaments are going around
Now they're handing it over
Handing it over

He demands a closeness
We all have earned a lightness
Carry my joy on the left
Carry my pain on the right

If you ask yourself patiently and carefully:
Who is it ?
Who is it that never lets you down ?
Who is it that gave you back your crown ?
And the ornaments are going around
Now they're handing it over
Handing it over

quinta-feira, novembro 20, 2008

Semana da Bjork

HYPER-BALLAD




we live on a mountain
right at the top
there's a beautiful view
from the top of the mountain
every morning i walk towards the edge
and throw little things off
like:
car-parts, bottles and cutlery
or whatever i find lying around

it's become a habit
a way
to start the day

i go through this
before you wake up
so i can feel happier
to be safe up here with you

it's real early morning
no-one is awake
i'm back at my cliff
still throwing things off
i listen to the sounds they make
on their way down
i follow with my eyes 'til they crash
imagine what my body would sound like
slamming against those rocks

and when it lands
will my eyes
be closed or open?

i'll go through all this
before you wake up
so i can feel happier
to be safe up here with you

quarta-feira, novembro 19, 2008

Desafio Musical


O menino Tiago resolveu desafiar-me, e eu que sou rapaz para aceitar desafios de qualquer espécie, cá estou eu para consumar a coisa. Pois bem, o que tenho de fazer é:

1 - Escolher uma foto individual;

2 - Escolher uma banda ou artista;

3 - Responder às perguntas do desafio com músicas da banda/artista escolhido;

4 - Desafiar mais quatro pessoas.


Artista: Jack Johnson

1. És homem ou mulher? - "Good People"


2. Descreve-te - "Belle"


3. O que as pessoas acham de ti? - "Never Know"


4. Como descreves o teu último (antes do actual) relacionamento? - "Wrong Turn"


5. Descreve o estado actual da tua relação amorosa - "Cocoon"


6. Onde querias estar agora? - "Traffic in the Sky"


7. O que pensas a respeito do amor? - "Better Together"


8. Como é a tua vida? - "Fortunate Fool"


9. O que pedirias se pudesses ter só um desejo? - "Cookie Jar"


10. Escreve uma frase sábia - "It's all Understood"

Agora é a parte em que eu impinjo a coisa a 4 pessoas. Pedindo desde já as minhas desculpas, aqui vão os nomes:

1 - Carolina

2 - Pedro Berenguer

3 - Sérgio Leal

4 - Miguel Noite


terça-feira, novembro 18, 2008

Queridos, quero mudar a casa!


Amigos, conhecidos ou apenas ilustres visitantes,

Pedro Miguel e Laura Maria estão oficialmente fora do Big Brother Seven Rivers. Não por terem sido expulsos, mas por terem desistido de convencer o Marcelo a tirar as músicas do repeat.

A gerência deste estabelecimento diabético pede desculpas por não estar a actualizar este blog com maior frequência, mas esta justifica-se por andar a "celebrar a vida" como se não houvesse amanhã.

O que se passa, caros leitores, é o seguinte: na casinha nova, mais precisamente no quarto mais divertido de todos os tempos (o meu), existe uma parede à qual foi concedida total liberdade para fazer o que quisesse dela. Sendo que o Klimt não está disposto a fazer-me um friso como o de Beethoven e o Botticelli anda ocupado a pintar nascimentos de Vénus por essa Europa fora, pensei eu cá com o botão das calças que perdi não sei como nem onde, "e porque não pedir opinião aos amigos bloguistas?".

Sendo que a parede despida tem à sua frente uma outra já pintada de cor-de-vinho, do tinto, aquele pelo qual tenho uma aversão de morte, o que poderei fazer com a outra? Pintá-la de branco? De preto? Papel de parede? De várias cores? Grafitis? Desenhos feitos por mim (medooo!)? Desenhos feitos por alguém que se ofereça e que tenha comprovado bom gosto? Uma montagem temporária qualquer?

Fica no ar a questão. Agarre-na, reflictam e regurgitem ideias. Aprecio a originalidade, a ousadia e mãozinhas para ajudar a pintar.

Sem mais nenhum assunto de momento me despeço,

Pedro, o coiso.

sexta-feira, novembro 14, 2008

Long Road to...


Por querer viver tudo intensamente, não permitiu que um pé lhe ficasse atrás do outro. Juntou as pernas e flectindo-as, impulsionou-se para cima e para a frente. De braços abertos e alvéolos inchados, fechou os olhos e deixou-se levar com o vento. Gostava de sentir aquela aragem fresca na sua cara, na verdade, cada centímetro da sua pele exalava uma felicidade cada vez mais real. Aquela que há muito queria provar e que agora estava ali mesmo à sua volta à espera de ser sorvida até à última gota. Esperando que nunca fosse a última. E girou, girou, rodopiou em torno de si próprio e sentiu-se como sempre fora, "à sua própria maneira",



feliz.

quinta-feira, novembro 13, 2008

Nouvelle Vague no Campo Pequeno

É com todo o prazer, que foi meu e de mais algumas pessoas, que vos apresento parte do fantástico concerto dos Nouvelle Vague! Eles andavam-me a fugir, mas desta vez não os deixei escapar, os malandros. A irreverência, a doçura, a loucura, a melancolia, a festa, tudo em duas horas nas quais me derreti completamente.

video

The Nicest Thing

Apresento-vos Kate Nash.

Com uma montagem que fui encontrar no Youtube.

Vale a pena.

quarta-feira, novembro 12, 2008

E adivinhem quem está de volta ao desemprego?

... o que me dá imenso tempo livre para aprender alguna cosa en español et français à cause de la entrevista que voy a necessitar hacer probablement au fin du mois. Je serai muy bueno elève parce que je voy voir films franceses e espanhóis. La derniére noche j'ai vu le film "Entre Murs" y yo gostei muchissimo.

Agora deslarguem-me fufes!

Dúvida Existencial

Será que todo o mundo nesta cidade (leia-se Lisboa) tem "David" no nome?

É que só assim de repente, "conheço" dez.

sexta-feira, novembro 07, 2008

Nova casa Big Brother

Agora que a saga Big Brother Seven Rivers está prestes a terminar, apesar de mais nenhum residente ter sido expulso, foi colocada a questão "Onde irão morar Pedro e Lola?", agora que decidiram juntar os trapinhos numa casa onde poderão dormir em quartos separados. O povo foi chamado às urnas e o resultado não engana: querem ver-nos a morar na Amadora! No entanto, curiosamente, e sem saber do voto de Lola Maria, tanto eu como ela votámos no mesmo sítio e pelos vistos, a nossa opção não foi do agrado de mais nenhum votante. E entãooooooo, a nossa futura casa será em... SANTOS! A um passinho dos bares de Santos e a outro do Adamastor, ou seja, pertinho do Bairro Alto. E um novo Big Brother será criado, mas para já ficamo-nos apenas pelos planos. Porque ainda temos de decidir como fica tudo em Seven Rivers, nomeadamente com os vizinhos, que esta noite brindaram-nos com a visita da polícia. A nossa juventude e alegria inebriante esbarram com o poço de doenças funestas e má disposição crónica dos senhores nossos vizinhos, sendo até que a dama do andar de cima trouxe à baila o assunto da Assembleia madeirense, revelando uma agradável xenofobia pelo dito "povo superior". Estamos proibidos de conversar, andar, piscar os olhos e fazer a digestão, não vá o senhor da cave (2 andares abaixo) com tampões nos ouvidos, ficar incomodado com os sons do nosso suco gástrico. Para a próxima já tenho resposta: "Desculpe, é que ontem à noite fizemos uma orgia os 6 cá de casa e o pessoal endoideceu e soltou um ou outro suspiro".


VIVA LA VIDA e endorfinas aos vizinhos!


Nouvelle Vague

CONTAGEM DESCRESCENTE PARA O CONCERTO MAIS COISO DE TODOS OS TEMPOS

E eu sei quem vai estar na primeira fila.

terça-feira, novembro 04, 2008

Pão por Deus


Bolachas com chocolate pingo doce

Shortbread cookies

Oreo tradicional

Oreo banhada com chocolate de leite

Oreo banhada com chocolate branco

Peti Biscuit

Chips Ahoy

Petit Milk Biscuit

Argolinhas chocolate de leite

Argolinhas chocolate branco

Bolachas digestivas

Torta de morango

Torta de chocolate

Milka chocolate de leite

Milka choco-swing

Milk caramelo

Maltesers brancos

Maltesers chocolate

Kit-Kat

Kinder Chocolate

Kinder Bueno

Mars delight

Twix's mini

Mars's Mini

Caramelos de frutas

Ovinhos kinder

Rebuçados de limão e laranja


AMO-TE JULIANINHA!


sábado, novembro 01, 2008

Notícias do Big Brother Seven Rivers (apesar de coiso)

1 - Roberto Manuel anda furioso porque alguém anda a mexer nas coisas e não as coloca no lugar. Basta saber que "coisas" serão essas.

2 - A conta da luz que se aproxima, promete alcançar os 3 dígitos, o que está a provocar algum mal-estar nos residentes. Estão a ser averiguadas as razões para que possamos encontrar um culpado e expulsá-lo.

3 - Marcelo António afixou papéis pela casa com informações extremamente importantes para o bom funcionamento da casa e melhoria da relação entre os residentes (a postar posteriormente).

4 - Laura Maria tem aproveitado a cama vaga para enchê-la de coisas para depois insinuar que Pedro Miguel é desarrumado (calúnias!).

5 - Mónica Marlene tratou de ocupar a cama vaga deixada por Pedro Miguel, que se auto-expulsou de casa derivado que aquela gente "M'IRRITA"!

6 - Amândio Emanuel anda a comer apenas ervas, mas suspeitamos que às escondidas anda a ir ao MacDonalds.

7 - Porra, não tenho nada de giro para contar esta semana. Para a semana invisto nisso com mais afinco. ADEUS.

Esta não é para o livro de reclamações, porque é divertida demais para isso


Conversa com um (outro) senhor Polícia:


"Queremos ir para a Rua da Boavista"

"Ah, pode ir sempre em frente, mas nesse sentido só há a faixa de bus e isso não é permitido"

"Então está a dizer-nos para irmos em frente apesar de ser proibido"

"Pode ir, mas pode é encontrar algum colega meu que a possa multar, mas pode arriscar"


Gosto é de gente assim, que gosta de quebrar a rotina! Vamos todos cometer transgressões, os polícias de Lisboa são espectaculares! E dizem a palavra "bus" tal e qual como se escreve!

Livro de Reclamações II

Ainda no fim-de-semana passado, estávamos nós no aeroporto quando Mr. Tiger da Tasmânia resolveu passar com o carro por cima de uma linha contínua. E o que é que o Senhor Polícia nos diz? Qualquer coisa do género:

"Ó rapaz, não viu que passou por cima de uma linha contínua? Vire ali à frente, volte tudo para trás e faça a manobra de novo"

Ao que Mr. Tiger responde:

"Ah, mas para isso tenho de passar de cometer a mesma transgressão para poder voltar para trás"

E o Sr. Polícia, no patamar elevadíssimo que a sua profissão lhe proporciona ripostou:

"Faça o que lhe estou a dizer, porque podia passar-lhe uma multa"


Conclusão a tirar deste momento cinéfilo:
para resolver uma asneira, faz-se outra. Não há ninguém para multar quem nos obriga a cometer infracções?

Livro de Reclamações

Discurso atentamente captado de uma senhora daquelas que julgam que têm o rei na barriga:

"Blá, blá, blá, blá, blá, blá...
Ah, quero fazer uma reclamação...
Blá, blá, blá, blá, blá, blá...
(...) no meu horário habitual...
Mas espera, habitual é com "a" ou com "h"?"

(...)


Se fosse comigo, eu fazia uma reclamação de volta:
Gente ignorante devia ser proibida de fazer reclamações!

Silent Movie

Tentara ver o filme, mas acabava sempre por adormecer. A ideia de uma cama, um chocolate quente e umas bolachas durante a sessão era mais tentadora no pensamento, pois na realidade, o enredo acabava sempre por se desenrolar durante o leve sono que o inundava, terminando com finais muito pouco prováveis e normalmente, com outras personagens. No dia seguinte tentava novamente, perseverante, rebobinando toda a fita para que nenhum pormenor ficasse perdido. Ao final de alguns dias já sabia de trás para a frente como agiam e pensavam as personagens todas, mas apenas naqueles 15 minutos. Todos os dias repetiam as mesmas frases, sem se enganarem. Quando tentou com companhia, não melhorou muito. Por vezes não adormecia, mas o filme passava a ser apenas barulho de fundo, nem se apercebendo quando o mesmo terminava. Apesar de apreciar essas circunstâncias de total alheamento do filme, durante o qual as horas corriam tão depressa como se de segundos se tratassem, o filme continuava com final incerto.

"Hoje" conseguiu ver um filme com companhia, e não adormeceu, nem se abstraíu. E o final foi sendo fatidicamente feliz.