sábado, dezembro 30, 2006

E agora ?

Terá a Sub-Ellen ficado mesmo boazinha de um episódio para o outro ? E será que o negócio dos profiteroles é suficiente para alimentar tanta boca ? E será que os pecados da Humanidade são assim desculpados de um momento para o outro ? Não irão para o Inferno ? E a vidente, terá virado uma política de renome com as suas promessas de luxo para o povo brasileiro ? E não será assim meio esquisito um homem que se veste de mulher, gostar de mulheres ? E uma mulher gostar de um homem que se veste de mulher ? Oh meu Deus, eu me pergunto ! E porque é que as crianças ali nascem que nem porcos ? Nunca vem um de cada vez ! Para isso já bastava os trigémeos da Sof ! A sub-loira terá mesmo morrido com aquela viga na cabeça ? E que é feito da enfermeira desvairada ? E os outros sempre foram para a Europa viajar de bicicleta ? E os outros sempre se casaram ? Terão tido filhos ? E a modelo feia, teria mesmo tido aquele sucesso todo ? Ao menos eu acertei em quem matou o Estevão ! Mesmo sem ler revistas cor-de-rosa ! Sou um génio !

E agora que acabou a novela, terei de voltar aos filmes porno para preencher as minhas noites ! Oh no !

sexta-feira, dezembro 29, 2006

O terror, o medo, a angústia !

Ah e tal, só vou se me pagares metado do meu bilhete senão não tenho dinheiro para as outras coisas ! Ah sim ? Bora lá ! Pernas, acalmem-se ! Aguenta-te bexiga, não é suposto teres vontade de te esvaires ! Aiii passam à frente e nós nem vemos ! Palermas ! Aquilo não é meio agoniante ? E se as coisas abrem e a gente cai ? E se rebenta o elástico ? Será que dá vontade de vomitar ? Será que vamos morrer ? Bem, as outras pessoas não morreram... Bem, Raquel, foi um prazer ter-te conhecido...
Afinal não morremos ! E até que foi tranquilo ! Desperta alguma adrenalina e recomendo, mas até as chávenas que rodavam eram mais assustadoras. Acho que poderiam ter sido mais excitante se não tivessem feito a revisão de segurança antes de entrarmos lá ! A precariedade teria sido empolgante ! A qualidade duvidosa da filmagem remete-se ao meu adorado irmão !

terça-feira, dezembro 26, 2006

Fases de decadência na Noite do Mercado !

Fase 1: Sem álcool, na Marina;

Fase 2: Sem álcool ainda, com comida no estômago;

Fase 3: Já com vodka e muita tangerina;

Fase 4: Ui, que esta merda não dá para sentar e os meus boxers não deviam estar a aparecer;
Fase 5: Operação "Salvem as tangerinas das bocas famintas" e Operação "Dêem guardanapos à vomitada";
Fase 6: Agarrem-me que o álcool já me está batendo;




FASE 7: Censura fotográfica da melhor parte da noite !!!




Fase 8: Depois de muitas vodkas e cervejas, fazendo figura de urso pela cidade;
Fase 9: Fazendo amizade com uma estátua sexy que estava para ali;
Fase 10: A Nádia com desejos íntimos que eu tentei realizar sem sucesso;
Fase 11: Àlcool a escapar pelos poros, retorno lento à (a)normalidade do costume;
Fase 12: Já de dia, pseudo-sobriedade !


Um, dois, três, era um gato maltez !

Uélelé é friday naite na cidade ! O pessoal até nem bebe e até que se porta bem, o que as fotografias podem mostrar é apenas o resultado da boa
disposição dos intervenientes intrínseca. Claro ! Somos 3, não somos trigémeos, mas somos muita parecidos (há quem diga, né?)
Pelo menos não se perderam 2 no caminho até casa. Ou quase se perdeu. Perder, perder, só mesmo junto ao semáforo, onde jazem restos
mortais de cevada e cereais afins. Mas não tangerinas. As tangerinas comem-se aos gomos e são deliciosas, mesmo com caroço


sexta-feira, dezembro 22, 2006

A sugestão da Lúcia

A sugestão da Lúcia:


Safe


(Só) P'ra sempre


Perdida por ti


Try again


Carta (nua e crua)

terça-feira, dezembro 19, 2006

Mais Floribella !

Devido ao sucesso do vídeo da Floribella alternativa, aqui ficam mais versões da Floribella alternativa ! Have fun !














domingo, dezembro 17, 2006

Floribella alternativa

Para descomprimir nesta altura de intensa azáfama, vejam o vídeo alternativo da Floribella !


segunda-feira, dezembro 11, 2006

Ei meinhas mousicas


Eis a minha lista de músicas mais ouvidas, actualizada !

Há que aconselhar algumas músicas:

Na véspera de não partir nunca - Música de Margarida Pinto, poema de Fernando Pessoa.. mais precisamente do heterónimo Àlvaro de Campos, grande maluco!

Constellations - Para ouvir num final de tarde/início de noite numa praia, deitado de barriga para o ar numa duna. Ou durante a noite inteira mesmo. O Jack sabe-a toda.

August Day Song - Esta música faz lembrar o cheiro da terra molhada após uma chuva de Agosto inesperada na minha terrinha de coração. E essa sensação é de complexa descrição.. nem que seja pela simplicidade de que está dotada. (Obrigado Sofia!)

Lover, you should have come over - "(...) and I'll wait for you... oh will I ever see your sweet return.." Porque um homem às vezes precisa acordar e reparar que afinal não tem ninguém. Mas nunca é tarde demais.

Rock this party - Para deitar abaixo qualquer pista de dança ! Aiiiiiii !

Naive - The Kooks, desconheço o grupo, mas esta música é viciante ! (Obrigado Samuel!)

I don't feel like dancin' - Hoje apercebi-me que os Scissor Sisters parecem os Bee Gees da actualidade ahahah ! Ao contrário do que diz a música, apetece dançaaaar e muito muito !

Hotel Yorba - Ah mãe ! O post anterior é dedicado a esta música ! Simplesmente não consigo parar de a ouvir e cantar ! Transmite-me mesmo boa onda ! Enjoy it ! (Sofia, mais uma vez, obrigado !)

sexta-feira, dezembro 08, 2006

I was watching
with one eye on the other side
I had fifteen people telling me to move
I got moving on my mind
I found shelter
In some thoughts turning wheels around
I said 39 times that I love you
to the beauty I had found

Well its 1 2 3 4
take the elevator
at the hotel yorba
I'll be glad to see you later
all they got inside is vacancy

I've been thinking
of a little place down by the lake
they got a dirty little road leading up to the house
I wonder how long it will take 'till we're alone
sitting on the front porch of that home
stomping our feet on the wooden boards
never gonna worry about locking the door

well it's 1 2 3 4
take the elevator
at the hotel yorba
I'll be glad to see you later
all they got inside is vacancy

It might sound silly
for me to think childish thoughts like these
but i'm so tired of acting tough
and i'm gonna do what i please
let's get married
in a big cathedral by a priest
cause if i'm the man that you love the most
you could say i do at least
well it's 1 2 3 4
take the elevatorat the hotel yorba
I'll be glad to see you later
All they got inside is vacancy

and it's 4 5 6 7
grab your umbrella
grab hold of me
cause I'm your favorite fella
all they got inside is vacancy

segunda-feira, dezembro 04, 2006

sexta-feira, dezembro 01, 2006

Há um ano atrás...


Aquele sol quente de Dezembro, a praia inteirinha só para mim, nova e fresca, os canaviais viçosos nas dunas virgens de presença humana. A música de um coração retalhado a fluir pelos grãos de areia até à espuma de um mar translúcido teimosamente delicioso.
O espírito em renovação num mundo em que até a chuva está em constante harmonia com tudo o resto.

Ciclo vicioso

Chegar, Olhar, Desejar, Roçar, Conhecer, Conversar, Beijar, Empolgar, Compreender, Indignar, Repugnar, Afastar.

O famoso ciclo "pastilha elástica"
Porque existirão pessoas que não conseguem ver alguém feliz com outra pessoa sem se intrometerem ?

Será dor de cotovelo mal resolvida ?

Trauma de infância ?

Síndrome do "se-eu-não-estou-feliz-tu-também-não-podes-estar"?

Desejo incontrolável de "ménage à trois" ?

Ou simples distúrbio sináptico ?

Não me importo

Também não me importo se estiver despenteado, se estiver usando roupa roxa e verde ao mesmo tempo, se a roupa não é de marca, se os meus boxers têm bonecos infantis, se tiver um buraco ao lado nas sapatilhas, se não tenho roupa formal sem ser um smoking coçado, se usar 2 dias seguidos a mesma roupa e se sair à noite com a mesma roupa que uso durante o dia.

E não me importo se alguém tiver vergonha de estar comigo assim na rua.

quinta-feira, novembro 30, 2006

A sugestão do Jack

A sugestão do Jack:

Bubble toes

Talk of the town

Constellations

Wrong turn

Upside down


Dúvida existencial (mais uma)

Ninguém quer morrer cedo. Todos querem viver muitos e muitos anos.
Não será egoísmo da nossa parte, queres mais e mais e mais anos de vida ?

terça-feira, novembro 28, 2006

Como se comportar nas aulas quando não há paxorra de lá estar !

A ideia é não mostrar concordância nem manifestar emoções negativas inicialmente. Uma cara inconclusiva. Entretanto pode-se ir pensando noutros assuntos, como o que se vai comer ao almoço, de que cor é a bandeira do Zimbabwe ou na germinação das sementes das monocotiledóneas. O olhar é importante estar dirigido para os olhos do incrédulo professor. Após um determinado tempo de absoluta inércia emocional, convém dar-se início a expressões faciais. Ao abrir um pouco mais os olhos mostramos estar interessados, quiçá, surpreendidos com o que está sendo dito. Um ligeiro franzir de testa com elevação de uma das sombrancelhas demonstra uma atitude crítica revelando que se está a reflectir sobre a matéria, típico sinal de quem está atento. Um abanar de cabeça afirmativo vem dar razão, como quem diz "Não poderia estar mais de acordo !". Se se colocar a mão no queixo, a convicção é ainda maior !

Chama-se "Cinicocentrismo"

domingo, novembro 26, 2006

Gone, going

Olha para todas estas roupas caras, mas estas conseguem-nos manter quentes tal como essas. E acerca da tua alma ? Está fria ? Está saída directamente do molde e pronta a ser vendida ? E carros e telefones e anéis de diamante ? ... porque são apenas coisas materiais. E a propósito da tua mente ? Ela brilha ? Existem coisas que te preocupem mais do que o teu tempo ? Olha para ti, pronto a selar um acordo. Tentas ser apelativo, mas perdes o teu appeal. E esses sapatos que trazes hoje ? Não te trarão nada de bom nas pontes que vais percorrer ao longo do teu caminho. Estás disposto a vender qualquer coisa. Perdes a cabeça. Deixa as tuas pegadas e vamos envergonhá-las com as nossas palavras. Vão-se as pessoas, todas descuidadas e consumidas.


Gone, going.

Gone, everything.

Gone, don’t give a damn.

Gone, be the birds, when they don’t wanna sing.

Gone, people, all awkward with their things,

Gone.

sexta-feira, novembro 24, 2006


Talvez por não saber falar de cor,
imaginei
Talvez por saber o que não será melhor,
aproximei
Meu corpo é o teu corpo, o
desejo
entregue a nós...
sei lá eu o que queres dizer.
Despedir-me de ti
"Adeus, um dia, voltarei a ser feliz."
Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor
não sei o que é sentir.
Se por falar, falei, pensei que se falasse

era fácil de entender...

quarta-feira, novembro 22, 2006

Quando, quando, quando ?

Tell me when will you be mine

Tell me quando quando quando

We can share a love divine

Please don't make me wait again

segunda-feira, novembro 20, 2006

P_ta da Loucura

Isto de não sair à noite faz muito tempo acaba por descambar. É ver-se pessoal com roupas de praia vestidas debaixo das calças, o que está muito adequado para quem vai para a discoteca numa noite de Outono no Funchal. E depois ainda boxers com gatinhos. "Olha, tenho uma coisa para te mostrar, ó pra mim a desapertar as calças!"E ainda cuecas com um ratinho. E continuando na roupa interior, também com um sapinho e tudo ! Um verdadeiro Zoo ! Abriram a jaula e é vê-los desalmados pela selva da noite. Uns de copo na mão. Eu não. Pessoas a se roçarem ! Oh God ! O degredo ! E eu queria mesmo era um cachorro quente, aquele da praxe, à saída do Marginal.

Mas o que gostei mesmo foi do champanhe com fruta à entrada do Teatro, adoro festas de aniversário !

sábado, novembro 18, 2006

Bem feito !

"este grupo e para todos akeles cuja media escolar desce com a nota de educacao fisica e nao so.. e tambem para akels k, apesar desta nota nao alterar a sua media.. apoiam esta causa, estando contra esta medida k entrou em vigor cm a reforma curricular! "

mais asneira na educação-Como professor que nao concorda com as ultimas medidas governativas em relação aos alunos do secundario, por ter consciencia que o sucesso educativo é cada vez menor, muito por culpa dos governos e das suas decisoes, decidi demonstrar aki o meu apoio ah vossa luta. Força jovens, o futuro é vosso devem lutar por ele."

"Sejamos claros! Creio que ninguem poe em causa o valor que a educacao fisica tem para o desenvolvimento fisico e psiquico dos jovens, ou mesmo de qualquer cidadao. A questao central eh condicionar as medias no secundario, às notas obtidas na disciplina de educacao fisica. Os alunos do secundario tem, na sua maioria, objectivos definidos para o futuro, objectivos esses que muitas vezes nao passam pela submissao a disciplinas que nao estam directamente relacionadas com os seus interesses. Ate que alguem me convenca que estou errado, vou continuar a considerar injusta a decisao tomada."



Este é o grupo mais ignóbil que já encontrei no hi5, é de facto lamentável observar que haja pessoas que pensem assim. Provavelmente quem inventou este grupo e quem o integrou devem ser aquelas pessoas que na escola eram sempre as últimas a ser escolhidas para o jogo de futebol (estratégia errada e que tende a desaparecer). Ou então aquelas pessoas que para não fazer as aulas de Educação Física inventavam doenças súbitas, mentruações três vezes ao mês, ou que usavam acessórios como brincos "à papagaio", colares ou camisolas amarradas à cintura.


Para todos aqueles que se sentem injustiçados com esta situação, só posso dizer :

BEM FEITO !

O tombo


"Ah e tal, olha como eu sou bom nisto ! Até dou tombos ! Só não parto a cabeça porque ficava mal sujar o chão e tal e porque o Pedro não teria pachorra de me levar para o hospital. Mas isto é só para mostrar que tenho patins novos e que até me aguento mais ou menos neles !"

quinta-feira, novembro 16, 2006

A maldição é continuarem a enviar emails destes !


Nunca se sabe ... ** quanto + não seja, pode vir aí um prémio do
Euromilhões (c/ Jackpot já serve o 2º prémio...)
* *O Presidente da Argentina recebeu esta mensagem e a chamou de "lixo
electrónico". 8 dias mais tarde seu filho faleceu.
* *Alberto Martinez recebeu esta mensagem, deu-a à sua secretária para
fazer cópias, mas eles esqueceram de distribuí-las: ela perdeu o emprego e ele
perdeu a família.
Um homem recebeu esta mensagem e imediatamente enviou cópias ... Sua
surpresa foi ganhar na lotaria!
* *Esta mensagem é milagrosa e sagrada, não esqueça de envia-la dentro de
13 dias a pelo menos 10 pessoas .

* *Não esqueça e você receberá uma grande surpresa!*




Ufaaa, ainda bem que me enviaram este email ! O que seria de mim sem ele ! Vá lá este não me ameaçava de ter 7 anos de azar, ou 10 anos sem f****, ou que eu ia ser atropelado, ou que uma alma de outro mundo me ia assombrar durante a noite, ou que o pequenino João está desaparecido (vai fazer 32 anos, já se tornou um grande João) ou que a Laurinha está morrendo e precisa urgentemente de uma transfusão de sangue há 982 anos, ou que as famílias desamparadas do Zimbabwe vão receber 5 cêntimos por cada vez que o email for reenviado, ou que vou perder os meus amigos caso não reencaminhe os emails sobre amizade que me enviam, ou aqueles abaixo-assinados contra a violência nas ruas da África do Sul que qualquer pessoa pode assinar com milhares de nomes falsos, ou todos aqueles emails que irritantemente nos enchem a caixa de correio e nos fazem berrar ao mundo "QUEM ACREDITA NESTAS MERDAS PORRAAAAAA???" .


Bem, acabei não reeviando o email. Porque não tenho filhos que possam morrer como o tal argentino, a minha família é crescidinha para se perder como o Martinez, ainda não trabalho daí não me preocupar seriamente como a secretária que se esqueceu das fotocópias e a lotaria, nunca joguei, portanto as minhas hipóteses de ganhá-la já seriam nulas...



Frase do dia



... e hoje ficamos por aqui !

terça-feira, novembro 14, 2006

Accidentally in loooove !



Mais um vídeo do Verão, Porto Santo 2006, muitoo produtivo em termos de diversão, gente alegre e bonita, sorrisos na cara e vontade que o Verão durasse 9 meses !

As personagens desta vez são os Lisboetas Ana, António, Sara, Miana, Marta, Mafalda, Simão, Afonso, Andreia, e os suspeitos do costume, Raquel, Guilherme, Leonor e moi même !

Aparecem ainda outras personagens que a Marta queria comer à "sobremesa" (Bleeergh !!!)


Ó VERÃO, VOLTAAAA RÁPIDO !

A sugestão da Norah

Sugestão da Norah:

Carnival Town

The long day is over

The nearness of you

Shoot the moon

Don't know why





segunda-feira, novembro 13, 2006

Talk of the tooown !

Um aviso...

Não acreditem em tudo que se diz por aí... ooh no, no !

Toda a minha vida limitado !





"...Quer dizer, o dia da Mulher é festejado em homenagem às 8 mulheres inglesas que morreram queimadas dentro da fábrica onde trabalhavam, na altura da Revolução Industrial, mortes essas provocadas pelo Patrão... não é celebrado por outras razões como as pessoas limitadas possam pensar..."

Porque eu gosto é dos jogos !

Mas puquêah ?

Mas porque é que sempre, mas sempre mesmo, que tenho uma frequência ou exame me vem à memória como é giro, ah e tal, jogar áqueles jogos que vêm no computador e que não lembram nem ao ceguinho ?... E depois, clarooo, sinto-me impelido a verificar se ainda tenho destreza no "Solitário Spider". E depois às "Copas" só naquela do "a-seguir-vou-estudar-é-só-mais-este-jogo". Perdi ! Jogo de novo para não voltar ao estudo desmotivado com a derrota. Campo Minado. Coloquei a fasquia nas 200 bombas com o tamanho máximo da janela. Estou faz para aí um ano para ganhar aquilo. Mas sou perseverante ! Um dia ganho e jogo confetis e mando tocar os Sinos da Sé ! E é o dia todo nisto

E o estudo como sempre é empurrado contra as últimas horas e minutos antes do teste !

sábado, novembro 11, 2006

Cobras e Lagartos

Mentiras, jogo sujo, assombrações, devaneios, assassinatos, futilidade, prepotência, arrogância, traição, sangue, dinheiro, interesses, luxúria, ironia, pobreza de espírito...



Num canal perto de si...

Ou mais perto do que pensa !

Mamãe há só uma


Porque ninguém vos conhece melhor,
ninguém vos compreende melhor,
ninguém vos perdoa melhor,
ninguém vos mima melhor,
ninguém dá tudo por vocês
como a mamãe !

sábado, novembro 04, 2006

7, 10 e 12 Anos de muita coisinha boa !

A culpa do Estado do País !


Em resposta à questão filosófica colocada em tempos neste posto de informação irrelevante, foram obtidos 19 votos. De quem é a culpa do estado do nosso País ? O povo votou e decidiu !

É DO NODDY !

sexta-feira, novembro 03, 2006

Jóias da Coroa Televisiva



É com grande alegria e júbilo que que ligo a televisão ao final da manhã e apanho o final do programa "Fátima", na rubrica peganhenta com o nome vomitante de "Tertúlia Cor-de-Rosa", onde algumas personagens de dedicam a conspurcar as ditas revistas "cor-de-rosa". Personagens estas, que sem função aparente para a sociedade portuguesa, vão ganhando a vida a falar mal dos vestidos das senhoras da "alta(baixa)roda" portuguesa, da gordura da outra, dos amores não sei de quem, como se fosse crime uma pessoa arranjar namorado(a) novo(a) 2 meses após ter terminado o seu último relacionamento, ou repetir um vestido em dois acontecimentos sociais (leia-se, festas do pseudo jet-set que aparece nessas revistas, não se sabe bem porquê também). Mas o que me faz vibrar são as teorias rebuscadas sobre a vida de pessoas que não conhecem ou dizem conhecer, porque fica sempre bem dar-se com gente da grife, mesmo que só tenham cruzado um olhar num corredor escuro. Com grandes garantias de escândalos iminentes, como por exemplo, o final do 3816º relacionamento da Elsa Raposo, lá vão divertindo as pessoas do povinho, no qual me incluo, confesso que as aberrações proferidas me prendem à SIC, como uma pastilha elástica por debaixo do tampo de uma mesa de uma sala de aula. Isto apesar de sentir ao mesmo tempo vontade de auto-flagelação.
A Maya, aquela pérola do mundo astrológico, ainda insiste em enganar as pessoas com aquela tabela definida provavelmente aleatoriamente pelo computador, com descrições da vida das pessoas, ciclicamente reutilizadas, ou será que não compreendem que os argumentos são sempre os mesmos com novas roupagens ? Há quem tire cursos, há quem leia cartas... E obviamente que não não existe ali nenhuma tentativa de auto-promoção de imagens e de estabelecimentos nocturnos cujo nome não vou dizer que é "Buddha Bar" e que curiosamente tem como relações públicas a "Bzzzzzzzz" Maya. Mas só por acaso.
Já o Cláudio Ramos, fonte mais informada que aquela só mesmo a enciclopédia Lello ou o Carlos Malato e a sua Britney. É de facto arrepiante captar todas aquelas opiniões muito coerentes, com bases fidedignas e filosóficas ! Eu bem sei que é pago para dizer aquelas coisas, mas talvez se ele tentasse, não sei, dizer algo mais do que simples caca de camelo com diarreia, talvez as pessoas até o levassem mais a sério. Quer dizer, ele até transparece credibilidade, basta olhar para ele e aquele olhar vesgo que ele possui. E em vez de comentar com tanta convicção a vida sentimental dos outros, talvez devesse se preocupar em afirmar convictamente para ele próprio aquilo que ele é. Quer dizer, e citando o Bruno Nogueira, "não é que eu não goste do Cláudio Ramos, é que eu prefiro mulheres mais altas...".
No meio disto tudo, até me parece que a própria Fátima Lopes às vezes suspira por existir aquela rubrica no programa dela, mas isto é mesmo uma opinião muito subjectiva. Tal como todas as outras.

As coisas que eu sei, hein ?

domingo, outubro 29, 2006

Ali serei feliz !


Aiiiiii viajar ! Conhecer o Mundo ! Sair da nossa ilha, atravessar o mar, países e aterrar em locais que só conhecemos por fotografias ou por termos visto na televisão ! Ok, não é que eu tenha experiência de viagens, porque o mais longe que fui foi a Vigo. Mas tenho aquele bichinho irrequieto cá dentro que me faz querer pegar numa mala, enche-la de roupa (de praia ou neve) e abalar para outro destino. Um dia irei às ilhas gregas, a Roma, Milão e Veneza, a Londres no Natal, a Nova York (siiiim, eu sei que há que vá lá em breve, escusam de me estar sempre a jogar isso à cara ! bah !), à Califórnia, ao Peru para ver o Machu Picchu, ao Haway fazer surf com os tubarões e dançar o Hulla, à Ilha de Páscoa fazer caretas às estátuas, a Chammonix jogar-me pá neve, às praias do Brasil, à Jamaica cantar um reggae, ao Egipto cumprimentar os faraós, às Desertas ver os Lobos marinhos, a Odivelas ver a Maria, a Pena, o Tiago, a Rute e o Nuno, a New Jersey para ver os emigrantes e aos Açores para ver e nadar nas lagoas.


Quero ir a mais sítios, mas são muitos para mencionar todinhos ! Mas com estes lugares, já ficava feliz ! Por agora que não há money money, vou sendo feliz aqui na Madeira, destino de sonho para muito boa gente ! E no ilhéu do lado, que me faz ainda mais feliz !


E você, adonde quer ir ? E adonde já foi ?

quinta-feira, outubro 26, 2006

Correcção e Confirmação



Para quem segue a saga dos Chocolates, Doces e Afins desde o início, venho por este meio corrigir e confirmar afirmações ditas em posts antigos:


Correcção:

Os deuses não moram num 4º andar com vista para o Mundo !


Confirmação:

A luz ao fundo do túnel existe e agradeço por isso !

terça-feira, outubro 24, 2006

sábado, outubro 21, 2006

The real "me"


Este é o post para gáudio de todos os meus fãs ao longo deste mundo !
Sim, eu sou muita convencido. E sou muita bom mesmo, acho-me o máximo, melhor que todas as outras pessoas. I'm the best, fuck the rest ! Povo reles, não quero por perto. Ah e sou cabrão. Gosto de mim acima de tudo, sou muito self-centered, primeiro estou eu, depois eu, e depois... eu novamente. E só faço amizades por interesse.

Resumindo, sou péssimo.


Agora, não precisam falar disto às escuras, não deviam ter medo de dizer aquilo que acham que eu não quero ouvir.
Eu já ouvi de tudo...

Uma é minha, outra é tua, outra é de quem agarrar

Deixei o Itunes aleatório exprimir o que lhe ia na alma, afirmando convictamente que "I want to be eviiiiil.... I wanna be nastyyyyy... I wanna be crueeeeeeel", berrando de seguida que eu estava "horny horny horny tonight" ! Pensando com mais calma, o Rob Thomas contou-me que isso devia ser porque "I'm not crazy... I'm just a little unwell" ainda assim pedia "stay a while and maybe then you'll see a different side of me".
A Sara e o Nuno confidenciaram-me que tratava-se de "amar-te assim perdidamente... e dizê-lo cantando a toda a gente !" para no momento seguinte perceber que tudo não passou dum efémero momento de amor frustrado no meio de lamúrias cantadas pelo Caetano "aaahhh, porque estou tão sozinho... ahhh porque tudo é tão triste...", e apesar de pensar que a tristeza ia durar muito muito tempo, apareceu alguém que me disse "Come a little nearer baby Cause you'll heal over... Heal over Heal over someday", é sempre bom ter alguém por perto para nos dizer o que sabemos que vai acontecer, sabendo no entanto que as palavras dos outros não mudam o que diz o coração. Pensava cá para mim, principalmente nestes dias de chuva que "I want to wake up with the rain falling on a tin roof while I'm safe there in your arms" ao som da doce voz da Norah. Era inevitável que tinhas ido embora como o Pedro relembrou mas "Como vou esquecer-te, Como vou eu perder-te, Como vou eu lembrar-te...Se a metade que parte é a metade que tens" ? Ainda assim sonhava e o Robbie pedia "Tell me a story where we all change and we'd live our lives together". "If you could have one day, pure and simple happiness...Until that moment comes, I'll be here where I've always been" complementaram os Scissor Sisters...




Podia ser a história de qualquer um

quarta-feira, outubro 18, 2006

Os Fundos (poema a dois mas q mais parece a 5 ou 6)


Eu queria era para sempre
para sempre é mto tempo
mas acabaria por passar num instante
sou eu ?
não, é o ovário
viveiro de vidas em miniatura
aguardam, aguardam pelo muito esperado
virei de um nevoeiro cerrado
entrarás pelos fundos
onde o sol não brilha
onde tudo o que pode ser visto é escuro
onde me perco na escuridao de um mundo
agarro.te! não te deixo esvair
agarro-te, não te quero ver cair
no poço da vida
oh triste sina de minh'alma
e vais tão fundo q consegues dar a volta!
giras, giras que até entontece
qual órbita estonteante
caindo em buracos negros de ausência...


Sof and Pete 381

segunda-feira, outubro 16, 2006

Message in a Bottle

There you go...

Uma mensagem dentro de uma garrafa há muito esperada. Mais do que o salvamento do remetente, aguardava ansiosamente o destinatário para proceder ao resgate de algo que nem sabia bem do que se tratava. Pretendia empunhar a espada e lutar contra bruxas e dragões para salvar o desejo de uma avidez utópica.

"They walked in and told me that you'd gone"

Escorregou a espada, caíram as defesas por terra. Mas nem por isso havia sinais de dragões, bruxas ou outras criaturas maquiavélicas. Na verdade, no reino das noites de estrelas as armas pouco sentido faziam, contra nuvens brancas despidas, nem espadas, nem trovões nem lágrimas pareciam fazer sentido. Os ventos em frenesim nem se decidiam para que lado soprar, baralhando todas as direcções possíveis.

"We'll join our hands again someday
And trade kisses before night "

No litoral recortado era certo que mensagens em garrafas não iam bater mais, talvez aviõezinhos de papel que conseguissem alcançar a proeza de atravessar oceanos pudessem aconchegar almas no reino das estrelas, que ainda assim brilham do alto das suas tristes utopias. Lá vem mais um ! Agarra-o rápido ! Vê lá que notícias te traz... Não reclamam salvamento, dissipam saudades do que nunca aconteceu.

"Here in my heart
You'll be on my journey
Wherever I go, whatever I do"

Despenham-se aviões de um papel pautado, envelhecido pelo tempo, um atrás do outro. Com o tempo as viagens serão menos, menos, menos... Poderiam construir um avião novo, moderno, que atravessasse destemidamente as nuvens brancas e negras, mas o orçamento seria excessivo, incomportável até. Arriscado !

"We'll be together oh someday
And watch over the stars at night"

Entre aviões, garrafas, submarinos, balões de ar quente, todos sedentos de rasgar os céus ou as marés dos oceanos, apenas ficam as nuvens onde anjos vestidos de branco e de cabelo louro aos caracóis comem cerejas olhando a terra. Mas nem o Anjo Gabriel juntaria continentes ou construiria pontes. A mensagem na garrafa demoraria mais 9 meses a alcançar a costa contrária...

Heaven, heaven was calling you
Heaven, heaven needed you

sexta-feira, outubro 13, 2006

Baú de Recordações - 14 de Janeiro, 2006


Vá lá o dia ajudou. Foi tão belo ! Bicicletas todo o terreno em acção, motivo para muita adrenalina e cenas hilariantes ! Para a Teresa, em vez de BTT era mesmo TTT -- Teresa-Todo-o-Terreno ! Era ver bicicletas a cair em buracos. O Fiscal Félix que consta que voou junto a uma palmeira. O Afonso que fez questão de mostrar ao mundo a sua unha do pé levantada pelo malho que o vitimou. Havia depois aqueles que por experiências não muito agradáveis em criança, não se aventuraram muito na arte de pedalar. Apreciei igualmente observar a minha bicicleta a fazer uma cambalhota à frente quase perfeita. Vá lá eu não acompanhei o movimento, em vez disso fui jogado pa frente. Vá lá caí de pé. O contacto com a Natureza foi, diria mesmo, tocante. Tocante mesmo no sentido de haver quase a necessidade louca de tocar na terra. Eu pelo menos fiquei meio castanho por causa dela. O ácido láctico acumulado de tantas subidas ranhosas fez-se sentir, mas nada de preocupante. Não foi ninguém parar à Prainha à força, já não foi mau. Depois seguiu-se a Orientação. Meia desorientada. Temos uma lógica extremamente apurada para encontrar as balizas: "Vamos para ali que deve tar ali po meio das árvores"... Isto quando não era "Hey, eles encontraram a baliza, vamos atrás deles". Sim, porque a partir da baliza 2 até à 12 a competição foi quase que colectiva, os pares iam todos juntos. Gostei da lama. A Arantxa também, até demais. Não havia necessidade de chafurdar, aquela lama não sei se teria minerais e elementos essenciais para uma pele perfeita. Acho que não. O Félix lá barafustava (não cheguei a perceber porquê), insistia convictamente em ganhar medalhas de merda. Não sei se era esse o seu desejo, mas se fosse eu não tava interessado em ficar no podium então! A Lénia ia interpretando o mapa e eu lá saltava montes e rochedos qual coelhinho da Páscoa a fugir de caçadores. E a Lénia era a coelhinha. E subitamente esta conversa parece pornográfica. Passemos à frente. Estimei que o professor se tivesse enganado na colocação das balizas 10 e 11 (Grrrrr). Como prémio da minha frustração do 5º lugar, tive de apanhar as ultimas 4 balizas. Como o Leandro e o André resolveram se perder pelo caminho, tirei a última baliza não permitindo que eles terminassem a prova ahahah! Mas lá acabei indo com a Teresa e Edgar recolher as balizas deles também. E foi porreiro ficar deitado na erva a apanhar o sol das 13 horas e a conversar um bocado. Porreirinho mesmo ! Lá Dinarte e Petra foram pas compras e po Euromilhões (13 pessoas a fazer euromilhões numa sexta feira 13 não deu muito resultado). Os índios não nos permitiram montar estaminé no miradouro e lá tivemos dir po Pico do Facho. Vi o meu Porto Santo à distância. Observação: O CANIÇAL NÃO TEM UMA TRETA DUMA FONTE??? Enfim. Lindo, o bando de abutres a comuereeeee ! Semes meme javardes ! Ficámos a saber que o André sabe enfiar a carne. Não sei se precisávamos saber isso. Eu posso não saber meter direito, mas pelo menos o meu espeto tinha mais carne. O espeto do Leandro. Da espetada para quem não tenha percebido ainda. De referir a importância de relacionar as variáveis em jogo que o Leandro sublinhou convictamente. Foi comuere, bebuere e arrotar o almoce ! E um cafezinhe financiado pelo Prof Nóia em M-A-C-H-I-C-O (Machique, Machique, Machique !!!). E mais uma vez a minha alegre ingorância ao perguntar o que era "blow job" suscitou o riso sonoro de muita gente. Porque raio vão dar esses nomes a shots ? Tá mal ! Mas uma coisa é certa. Foi um dia de se lhe tirar o chapéu! Mas o dia tem chapéu? Outra variável a equacionar. Pedro, acorda! Mesmo não ganhando o Euromilhões! Ganhou-se muita coisa.

quinta-feira, outubro 12, 2006

Baú de Recordações - 10 de Janeiro 2006


Não era mais um dia de chuva. Chovia. Mas era diferente. Reparem. Nos dias de chuva toda a gente anda aborrecida nas ruas. Os guarda-chuvas esbarram uns nos outros. É ver-nos a queixar para nós próprios de como são incomodativas e mal-educadas as outras pessoas que não desviam o guarda-chuva. E quando passamos debaixo de uma goteira que parece que foi posta ali mesmo para chatear. Isto para não falar dos carros. Sim. Os condutores devem se divertir imenso a passar por cima daqueles lagos que se formam na berma das estradas. E os autocarros nesses dias são para se evitar vivamente. Só o cheiro que fica de tanta gente transpirada ali dentro é digno da mais sentida náusea. É saltitar sobre as poças de água, não vá a água infiltrar-se nas entranhas do calçado. Tarde demais. Já estão encharcados os sapatos. Mas naquele dia era diferente. A chuva não aborreceu. As pessoas não incomodaram. O cheiro de suor não surgiu. Fui dar por mim a calcar propositadamente as maiores poças com que deparei. Não me afastei dos carros que teimosamente insistem em querer lavar os peões. Riem-se? Eu também. É verdade. Não é conformar-me que os dias chuvosos são negros e aborrecidos. É aceita-los como são. É compreende-los. E sabem que mais? Gostei. Deu-me uma sensação de liberdade. Aquela sensação de ter mais água dentro dos sapatos do que na própria rua divertiu-me. Para as pessoas não era mais que um pateta alegre. Mas alegre. É verdade. Os dias de chuva são cinzentos. Mas não me senti minimamente escurecido pelo estigma dos dias de chuva. Está tudo na forma se olha. Como se sente. Bela tarde aquela !

7 Novas Maravilhas do Mundo !





Para os mais distraídos, está aberta a votação para eleger as novas 7 Maravilhas do Mundo, já que as outras, as velhas, já não existem, à excepção das pirâmides de Gizé.
É pena, teria sido engraçado visitar os Jardins Suspensos da Babilónia ou ver o Colosso de Rodes ou mesmo a Estátua de Zeus...

Os 21 novos candidatos são:

1 - Acrópole
2 - Alhambra
3 - Angkor
4 - Pirâmide Chichan Itzá
5 - Cristo Redentor
6 - Coliseu de Roma
7 - Estátuas da Ilha de Páscoa
8 - Torre Eiffel
9 - Muralha da China
10 - Basílica de Santa Sofia
11 - Templo de Kiyomizu
12 - Kremlin e Praça Vermelha
13 - Machu Picchu
14 - Castelo de Neuschwanstein
15 - Petra
16 - Pirâmides de Gizé
17 - Estátua da Liberdade
18 - Stonehenge
19 - Ópera de Sidney
20 - Taj Mahal
21 - Toumbouctou

Para votarem, basta ir ao site, preencher umas cenitas para lá e escolher as 7 preferidas ! Eu ainda não votei porque eles ainda não me enviaram o email a confirmar, o que acho indecente. Mas já escolhi, demorei imenso tempo, isto de nos darem poder para as mãos dá nisto ! Parecia que estava a decidir o futuro da civilização !