sexta-feira, maio 09, 2008

Dancemos no Mundo

Os alunos de Erasmus, só pelo facto de se terem aventurado num país estrangeiro já são à partida seres interessantes.

São pessoas destemidas, ávidas por conhecer novas pessoas, lugares e culturas.

São pessoas que procuram uma elevada formação pessoal que de outra maneira dificilmente teriam oportunidade de concretizar.

São pessoas que vêm no "outro" um companheiro desta breve jornada com o qual partilham cervejas e um charro de quando em vez.

São pessoas que se aperceberam a tempo que a vida pode (e deve) ser celebrada todos os dias.




(continuo a martirizar-me por não ter embarcado nessa aventura)

3 comentários:

Carolina Caldeira disse...

deixa lá, tens o resto da tua vida pa te aventurares sozinho por um país fora... eu nao fui de erasmus, nao fosse o episodio Coimbra da minha vida e talvez tivesse ido, mas lamentaçoes a parte pretendo sair daqui por uns anos, trabalhar longe e trazer comigo muitas lembranças, quando estiver la es benvindo :)
Bejoca*

Anónimo disse...

deixa lá isso...tens sempre com quem partilhar um charro sem estares em erasmus...

dnesa

Sof disse...

Na te chegamos? HEIN?
E é "vêem"! Dois E's! Vem de ver! Não de vir! Tá certo, é bom vir mas muito é melhor ver! Ahahah. Vemos com 2 olhos, logo 2 E's, tsá?