segunda-feira, maio 05, 2008

A propósito do dia de ontem...


"Juliana gosta de paz,
E tem prazer no que faz.
Não gosta que eu suje a sacola,
Quando vou para a escola.
Deu-me boa educação
Do fundo do seu coração
Quando cresci vi que Juliana
Me tinha dado um irmão
Era engraçado e trapalhão.
Para tratar de violetas
Não há como a minha mãe.
E então os fetos!?
Crescem tão bem!!
Na minha casa há sempre harmonia,
Todos vivem com alegria!
Mas quem trata dela assim tão bem!?
É claro que é a minha mãe!"


Pedro Andrade, 5º3, nº25 (1996)

6 comentários:

Luís Silva disse...

Very sweet :)

Miguel Noite disse...

Sim,o Pedro era para ti mas enganei-me no link!
O poema tá muitooo giro sim! :D

Sílvia disse...

Que boa oportunidade essa para te afogar :/

Carolina Caldeira disse...

ainda há esperança :)

Anónimo disse...

O Pedro já sabe nadar ioooooooooooooooooooooooo...

dnesa

Anónimo disse...

ohh que lindo... não me dedicaste nada no meu diaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!helena jardim